segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Procura...



Durante os dias da minha vida eu estive completamente feliz com tudo que possuía, com todos ao meu redor e com a vida simples que sempre levei na cidade onde nasci. Numa manhã de verão cercado por amigos eufóricos por banhar-se nas águas frias do Mar eu te encontrei sereno e apaixonado pela busca constante da felicidade. Seu corpo dourado pelo Sol transpirava gotas de curiosidade ao me tocar pela primeira vez, foi aí que senti que tudo se transformava, minha vida e meus sentimentos estavam em processo de mutação, ali eu mudei e me transportei para uma nova realidade, eu estava apaixonada.


Ao correr das horas eu te amava como se tudo estivesse acontecendo pela ultima vez, cada instante era belo e necessário como a ar que respiramos e que nos permite viver. Bandoleira das paixões me vi abandonada por mim mesma, deixei que a emoção consumisse toda minha e razão e me transportasse a viver a vida do meu amado. Senti todas as felicidades, todos os gozos, todas as ansiedades e por fim toda a tristeza e todo o abandono.


Minha vida não seria a mesma, e realmente não foi!


Acabaste com meus pensamentos, devastasse minhas felicidades e me desviasse do caminho de casa, era no meu lar onde sempre recorria em momento de adversidades. Sua indiferença chega a doer, sinto minha pele queimar de tanta saudade, minha saliva secou sem sua língua, meu coração deixou de bater sem seu sangue a correr nas minhas veias, meus olhos não enxergam nada a não ser você, meus ouvidos não escutam nada a não ser sua voz me chamando de querida.


Sinto que a felicidade se foi quando me deixaste naquela esquina, a brisa, a luz e meus sentidos se recolheram naquela esquina, aquela curva onde com maldade você se retirou da minha vida.


Hoje reajo como posso e tento ser a mesma que um dia fui, meu combustível é a esperança de um dia te reencontrar, jogo flores ao céu e não as vejo caírem ao chão. Ao teu lado minh’alma aquieta as loucuras que sempre me atormentam quando não estais aqui comigo.

3 comentários:

  1. Rafaela esse é pra você. Espero que goste!

    ResponderExcluir
  2. Helder... você não existe.. adorei as palavras a minha enviadas.. bjs.

    ResponderExcluir